Loading...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

A amizade

A amizade é como um navio no horizonte.
Nós o vemos, cortando contra o céu,
e em seguida ele avança,
desaparece de vista,
mas isto não significa que não continuará.
Essa amizade é linear.
Ela se move em todas as direções,
nos ensinando sobre nós mesmos
e sobre cada um de nós.
É por isso que no transcurso de fortes amizades,
estaremos presentes um para o outro,
mesmo que, nem sempre,
estejamos visíveis.


( Shirley Maclane )

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

“ENCANTAMENTO”


Encantamento não é um treinamento, mas um brinde a vida, não é ficar com os dentes para fora, ou ser galanteador barato, mas, apenas ser feliz; não é sorrir sem vontade, mas valorizar cada segundo da vida; não é tentar agradar por interesse, mas ser apenas gentil; não é tentar provar que sabe alguma coisa, mas ser humilde e simples. Encantamento não se aprende em nenhuma escola de Arte e em nenhuma Universidade , mas aprende com os acertos e desacertos do dia-a-dia.
O maior prejuízo da verdade é perder alguém por falta de encantamento na arte de viver.
A arte de encantar vem de um coração bondoso, tranqüilo, simpático. Quem encanta não critica, mas elogia; não acusa, mas defende; não joga sujeira no rosto, mas limpa.

QUEM SOU EU??

Escrevo o que a minha alma grita. Gosto das coisas simples, do coração puro, da família reunida, dos amigos presentes.Sou poderosa quando estou de roupa nova e quando o cabelo parece bom,quando tenho certeza do que quero... Mas sou mais poderosa quando sinto a presença de Deus em mim. Persigo a felicidade. Caí diversas vezes, tantas quantas levantei, sempre volto mais santa, mais pura e mais forte. Quero levar a paz aos corações, ou apenas um pequeno reflexo daquele que tem a maior luz.Estou aqui para Amar...E a minha vida é um misto de Amor e Dor...
Eu procuro por mim.Eu procuro por tudo o que é meu e que em mim se esconde. Eu procuro por um saber que ainda não sei, mas que de alguma forma já sabe em mim.


" Você pode até dizer que não entendeu o que te disse,
Mas jamais poderá dizer que não entendeu como te olhei..."

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Antônio Carlos -deficiente mental porque fui um - Psicografia de Vera Lúcia Marinzeck Carvalho

Algumas palavras do nosso amigo,
José Carlos Braghini
Hoje o nosso planeta passa por momentos difíceis e perturbadores,
vemos o lixo do passado aflorando como agressões de maldade, ódio e
desrespeito ao semelhante. Vemos o homem, nossos filhos, nossos entes
queridos, se destruindo no vício das drogas, do álcool, da animalidade.
Vemos também o protótipo do futuro, espíritos que amam profundamente
e dedicam suas existências para o bem coletivo. Homens que lutam por
construir a igualdade entre os homens, a felicidade para todos, enfim,
por um novo céu e uma nova terra.
E temos a oportunidade ímpar de aqui estar e participar do início da
construção de um novo mundo.
Se conseguirmos vencer os impulsos inferiores herdados da raça e do
ambiente hostil de hoje, não só seremos os alicerces dessa nova
humanidade, mas realizaremos. Mas muito melhor do que estarmos
realizados é que nós dignificaremos, com a personalidade que hoje
representamos, e participaremos efetivamente do esforço da natureza em
fazermos o melhor de todas as criaturas.